Regressei!

Regressei!

Estive longe, perdido…

Aprisionaram-me num mundo ao qual não pertencia,

E esta ausência de tudo ainda hoje se repercute!


Atreveram-se a aprisionar o pássaro na gaiola,

Mas esqueceram-se que a vontade de querer acaba por vencer…

E hoje estou de volta!

A vontade de voar é imensa…


E sinto tanta falta, tanta…

A saudade das palavras é mais que muita!

Saudade de abusar das figuras de estilo,

Saudade da emoção e do sentimento!


Saudade de voltar a ser eu mesmo, com as palavras…

Saudade de sentir o perfume matinal da natureza…

Saudade de ser acordado por um chilrear bem familiar…

Saudade de cumprir a lei fundamental: Viver!


Foto: Regresso de Marta Freitas

4 Responses
  1. Lu Says:

    ha dias em que sinto essa saudades tambem !
    adorei, ainda bem que regressaste porque foi em grande :)


  2. Lu Says:

    sei o que isso é xD

    bjo*


  3. Um belo texto para um longo regresso.
    Saúde e sucesso sempre.
    Forte abraço


  4. A saudade era nossa.
    Saudade de tuas palavras,
    do teu encanto,
    do teu canto
    e desse canto e encanto...

    bjs