A sonhar contigo

Tu resides em mim.
Fujas para onde fugires,
Andes por onde andares,
Faças o que fizeres
Eu sonho eternamente contigo
Mesmo que não o consintas.
 
Se olho para o céu, para o paraíso,
Vejo os teus olhos no azul celeste.
Se olho o luar, o seu brilho és tu.
Estás presente em qualquer movimento
 
Se olho para o sol,
Na sua luz eu vejo o teu olhar.
Nas ondas do mar, a ondulação do teu cabelo,
Mesmo sem estares, estás presente.
 
Sonho contigo a todo o tempo,
A cada segundo penso em ti.
Em tudo o que diga ou faça
Uma parte de ti o faz também.
Em tudo o que sonho ou o que vivo,
Inequivocamente existem sinais de ti.
 
Peço-te que não saias de mim,
Da minha mente e do meu coração
Não sei já sequer,
Se és real ou ilusão,
Se doente estou, ou se sou são.
1 Response
  1. *izil* Says:

    Amor impossível, combstivel para os poetas.
    parabéns como sempre

    izil